Fachada da sede do MMSG

Fachada da sede do MMSG
Rua Rodrigues da Fonseca, 201 - Zé Garoto

Conheça nosso site

Conheça nosso site
Conheça nosso site

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Convite: Cerimônia de posse da nova diretoria do MMSG

Na próxima terça-feira, 14/06, acontece a posse da nova diretoria do Movimento de Mulheres em São Gonçalo. A cerimônia será às 9h30, na Galeria de Artes do Instituto Cultural Brasil Estados Unidos (ICBEU).

Conheça a nova diretoria:

Diretora Executiva: Esther Silva de Almeida Alcântara
Vice-Diretora Executiva: Eliete Soares Cunha
Diretora Administrativa: Marlene da Silva Costa
Vice-Diretora Administrativa: Rita de Cássia Vasconcellos da Costa
Diretora Financeira: Oscarina Souza Siqueira
Vice Diretora Financeira: Selma Rocha Cardozo
Diretora de Divulgação e Mobilização: Sônia Regina dos Santos Ribas
Vice-Diretora de Divulgação e Mobilização: Marlene Marques Carvalho
Diretora Sociocultural: Elinéia Campinho
Vice-Diretora Sociocultural: Irene Fernandes da Silva

Conselho Fiscal:

Estelina Máximo Bispo
Elisabeth Gomes da Luz
Maria Helena Nascimento Miranda

Todos estão convidados! O ICBEU fica na Dr. Francisco Portela, 2772 - Zé Garoto - SG.  (Ao lado do Fórum antigo)

segunda-feira, 6 de junho de 2011

MMSG convida para Aulão de Ginástica promovido pelo PELC

O Movimento de Mulheres em São Gonçalo convida a todos para participar de um AULÃO de GINÁSTICA promovido pela professora Rosana, na Praça Zé Garoto.
 O evento acontece na quinta-feira, 16/06, a partir das 9h, e tem como objetivo fazer com que as pessoas conheçam o Programa de Esporte e Lazer da Cidade (PELC).
Na ocasião, também serão realizadas inscrições daqueles que se interessarem por alguma das atividades desenvolvidas no Programa.
Mais informações: Tel: 2606-5003 ou 2606-7263.

sábado, 28 de maio de 2011

Eleições Nova Diretoria

O Movimento de Mulheres em São Gonçalo realiza, no dia 7 de junho, as eleições para o próximo mandato da Diretoria do Colegiado (2011-2013). O pleito acontece na Sede do MMSG, localizado na Rua Rodrigues da Fonseca, 201, no bairro do Zé Garoto e todos poderão votar de 9h às 17h.

Entidade organizada da sociedade civil, sem fins lucrativos e de utilidade pública municipal, o Movimento de Mulheres em São Gonçalo foi fundado em 1989. Seu principal objetivo é a luta em defesa dos direitos das mulheres e contra as desigualdades e discriminações decorrentes de sexo, raça/etnia, credo religioso e classe social.

Conheça a chapa única:

Diretora Executiva: Esther Silva de Almeida Alcântara
Vice-Diretora Executiva: Eliete Soares Cunha
Diretora Administrativa: Marlene da Silva Costa
Vice-Diretora Administrativa: Rita de Cássia Vasconcellos da Costa
Diretora Financeira: Oscarina Souza Siqueira
Vice Diretora Financeira: Selma Rocha Cardozo
Diretora de Divulgação e Mobilização: Sônia Regina dos Santos Ribas
Vice-Diretora de Divulgação e Mobilização: Marlene Marques Carvalho
Diretora Sociocultural: Elinéia Campinho
Vice-Diretora Sociocultural: Irene Fernandes da Silva

Conselho Fiscal:
Estelina Máximo Bispo
Elisabeth Gomes da Luz
Maria Helena Nascimento Miranda

Todos estão convidados a votar e fazer do Movimento de Mulheres em São Gonçalo uma entidade forte e democrática.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Oficina de brinquedos artesanais do NEACA

As crianças assistidas pelo NEACA-SG aprendem a confeccionar brinquedos, como este bilboquê de garrafa pet.

Veja o material utilizado e a maneira de fazer:





segunda-feira, 23 de maio de 2011

Defendendo os Direitos Humanos das Mulheres

Na próxima terça-feira, 24/05, o Movimento de Mulheres em São Gonçalo recebe a Assistente Social do Centro Especial de Orientação à Mulher (CEOM), Maria da Glória Fernandes. A profissional faz palestra durante a reunião das Associadas do MMSG, sobre o tema: Defendendo os Direitos Humanos das Mulheres.

A reunião acontece de 9h às 12h.

Participem!

Triste constatação


Marisa Chaves quer rigor ao legislativo para o combate a violência

Durante audiência pública promovida pela Câmara de Vereadores de Niterói em comemoração ao Dia de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, a Coordenadora do Núcleo de Atenção à Criança e ao Adolescente (Naca), Marisa Chaves, revelou que num ano 148 casos envolvendo violência contra crianças e adolescentes chegaram à sede do Núcleo.

Dos prontuários abertos em Niterói, 61% envolvem meninas com faixa etária mais vulnerável, entre zero e dez anos, sendo 50% dos registros referentes a agressões sexuais de diversas formas. O dado mais alarmante é que em 24% dos casos o agressor é sempre o pai biológico; vindo o padrasto em segundo lugar com 18%.

De acordo com Marisa Chaves, as cidades devem criar políticas de proteção a criança. “É preciso que esta Câmara inclua na previsão orçamentária para 2012, recursos destinados às crianças. Mesmo as pessoas de melhor condição financeira devem ser atendidas na rede pública e não em consultórios particulares. Temos que articular, além da rede de proteção, os mecanismos de responsabilização aos agressores”, ressaltou.

A promotora Gabriela Brant lembrou que a violência contra crianças e adolescentes atinge todas as classes sociais. “Escolas particulares também registram casos de agressão que não chegam ao público. A subnotificação é muito grande. O Ministério Público tem sido um parceiro atuante das demais instituições e sabemos que este ambiente reflete o momento de desestruturação da família como um todo”, destacou.

Niterói possui conselhos funcionando das regiões Norte, Centro e Oceânica. A escolha dos novos membros dos conselhos será realizada em agosto.

Fonte: Jornal O São Gonçalo - 19/05/2011

sábado, 21 de maio de 2011

Unidos contra a violência em São Gonçalo


Marisa Chaves acredita que o combate a violência é uma causa que deve ser defendida por todos

O Movimento de Mulheres em São Gonçalo (MMSG), através do Núcleo Especial de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Neaca) e do Núcleo de Atenção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Maus Tratos em São Gonçalo (Naca), promove, hoje, diversas ações alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Simultaneamente, das 9h às 17h, as equipes dos projetos estarão nas praças Estephânia de Carvalho, no Zé Garoto, e Dr. Luiz Palmier, no Rodo, distribuindo materiais informativos dos serviços de proteção à criança e ao adolescente que são oferecidos pelo município.

O objetivo da ação é alertar a população para o combate à violência e informar a quem e onde recorrer. Além das equipes do Neaca e Naca, também estarão dando apoio integrantes de outros projetos do MMSG. Marisa Chaves, fundadora do movimento, acredita que a causa é de todos.
“Nosso objetivo é sensibilizar a população ao combate à violência, envolvendo a comunidade com as políticas voltadas para a garantia de direitos da criança e do adolescente”, disse Marisa.

História – O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi criado em 17 de maio de 2000, em razão do crime que comoveu o Brasil, ocorrido na cidade de Vitória, capital do Espírito Santo, em 1973. Naquele ano, a menina Araceli Cabrera Crespo, de oito anos, foi espancada, violentada e assassinada. Até hoje, os culpados pelo crime não foram punidos. Por ocasião da data, entidades e órgãos governamentais ligados à defesa dos direitos humanos celebram, no dia 18 de maio, o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Conforme denuncia o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), dentre as diversas manifestações de violência contra crianças e adolescentes, as mais incidentes são o abuso sexual praticado por integrantes da própria família e a exploração sexual para fins comerciais, como a prostituição, a pornografia e o tráfico. Para mudar esta realidade, as atividades propostas para o Ato Nacional do dia 18 de maio visam combater o silêncio e a indiferença da sociedade em relação ao tema – influenciados pela cultura de impunidade dos agressores – o que contribui com o ciclo de violação aos direitos das vítimas.

Fonte: Jornal O São Gonçalo - 17/05/2011

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Niterói registra 148 casos de violências contra crianças

Durante audiência pública promovida pela Câmara de Vereadores de Niterói em comemoração ao Dia de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, a Coordenadora do Núcleo de Atenção à Criança e ao Adolescente (Naca), Marisa Chaves revelou que em um ano 148 casos envolvendo violência contra crianças e adolescentes chegaram à sede do Núcelo.

Dos 148 prontuários abertos em Niterói envolvendo violência contra crianças e adolescentes, 61% envolvem meninas. A faixa etária mais vulnerável fica entre zero e dez anos, sendo 50% dos registros referentes a agressões sexuais de diversas formas. O dado mais forte, entretanto é que, em 24% dos casos o agressor é sempre o pai biológico; vindo o padrasto em segundo lugar com 18%. “É preciso que esta Câmara inclua na previsão orçamentária para 2012 recursos destinados às crianças. Mesmo as pessoas de melhor condição financeira devem ser atendidas na rede pública e não em consultórios particulares. Temos que articular, além da rede de proteção, os mecanismos de responsabilização aos agressores”, ressalta Marisa Chaves. A coordenadora disse, ainda, que vai propor à Câmara a elaboração de uma lei tornando obrigatória a notificação dos casos de agressão a crianças.

A audiência presidida pelo vereador Waldeck Carneiro reuniu ainda, na mesa de trabalho, Elianir Pacheco de Oliveira, representando a Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos; Terezinha Vieira, representando os três conselhos tutelares de Niterói; Gabriele Brant, promotora do Ministério Público Estadual; Carlos Alberto Rodrigues; subsecretário municipal de Adoção; além da coordenadora do Naca. Também participou da audiência o vereador Gezivaldo de Freitas, o Renatinho (PSOL), presidente da Comissão de Direitos Humanos, da Criança e do Adolescente da Casa.

A promotora Gabriela Brant lembrou que a violência contra crianças e adolescentes atinge todas as classes sociais.

_ Escolas particulares também registram casos de agressão que não chegam ao público. A subnotificação é muito grande. O Ministério Público tem sido um parceiro atuante das demais instituições e sabemos que este ambiente reflete o momento de desestruturação da família como um todo _  destaca a promotora.

Carneiro lembrou que o estatuto e as regras que regulamentam os conselhos tutelares em Niterói, estão sendo analisados pela Câmara e diversas emendas foram propostas.

Fonte: Site do Jornal O Globo - 19/05/2011

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Audiência Pública discute violência contra crianças e adolescentes

A subsecretária de Políticas Públicas para as Mulheres, presidente da Comissão dos Direitos da Mulher de São Gonçalo e fundadora do Movimento de Mulheres em São Gonçalo, Marisa Chaves, participou, na tarde desta quinta-feira, de uma Audiência Pública na Câmara Municipal de São Gonçalo, onde foi discutido o tema: “Violência Sexual contra Crianças, Adolescentes e Mulheres”

Durante o encontro, Marisa Chaves mostrou estatísticas sobre a violência no município e chamou a atenção de todos para a problemática da questão. De acordo com ela, só de suspeita de violência são 407 casos, o que dá um total de 706 crianças. Todas atendidas pelo Núcleo de Atenção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Maus Tratos em São Gonçalo (NACA).

“Estamos aqui para provocar a sociedade gonçalense para juntos discutirmos essa questão. Precisamos nos posicionar utilizar os meios que não são disponibilizados, como o Dique 100, que devemos considerar como um grande aliado para receber denúncias de exploração sexual contra crianças e adolescentes”, disse.

Marisa Chaves aproveitou a audiência para apresentar aos vereadores uma sugestão para compor o Projeto de Lei do vereador José Carlos Vicente, que baseia-se nas crianças e adolescentes.

“Gostaria de solicitar que, além de beneficiar e resguardar os direitos das crianças e dos adolescentes, esse Projeto de Lei, do excelentíssimo vereador José Carlos Vicente, abrangesse a população em geral, como mulheres e idosos que, também sofrem violência”, afirmou.

Promovida pelo vereador Marlos Costa, o debate contou, também, com a participação de representantes do legislativo estadual e municipal, da Prefeitura de São Gonçalo, da Ordem dos Advogados do Brasil em São Gonçalo e da sociedade civil organizada.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Violência contra a Criança e ao Adolescente é discutido em Audiências Públicas nos municípios de São Gonçalo e Niterói

Nesta quarta, dia 18, às 20h, a subsecretária de Políticas Públicas para as Mulheres, presidente da Comissão dos Direitos da Mulher de São Gonçalo e fundadora do Movimento de Mulheres em São Gonçalo, Marisa Chaves, participa de uma audiência pública, cujo tema é “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, na Câmara Municipal de Niterói.

E, na quinta-feira, 19, a partir das 14h, Marisa Chaves participa, também, da audiência pública na Câmara Municipal de São Gonçalo, com o tema: “Violência sexual contra crianças, adolescentes e mulheres”. A audiência será presidida pelo Vereador Marlos Costa. O debate terá a participação de representantes do legislativo estadual e municipal, da Prefeitura de São Gonçalo, da Ordem dos Advogados do Brasil em São Gonçalo e da sociedade civil organizada.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

NACA Araruama realiza seleção de profissionais

O Movimento de Mulheres em São Gonçalo/ Núcleo de Atenção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Maus Tratos unidade Araruama realiza, na tarde de hoje, seleção para assistentes sociais, pedagogos e psicólogos, para preenchimento de vagas da entidade.

Ao todo 38 candidatos concorrerão a duas vagas para assistente social, duas vagas para psicólogo, e uma vaga para pedagogo.  O MMSG/NACA Araruama vai selecionar, ainda, um auxiliar administrativo.

O que é o Núcleo de Atenção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Maus Tratos?

As situações envolvendo crianças e adolescentes submetidos à violência no contexto familiar vêm se tornando cada vez mais frequentes.

Em atenção a essa demanda, a Fundação para a Infância e Adolescência (FIA/RJ) em parceria com o Movimento de Mulheres em São Gonçalo, gerenciam uma Ação continuada de Proteção Social Especial que oferece um conjunto de procedimentos técnicos especializados para o atendimento e proteção imediata a Crianças e aos Adolescentes vítimas de violência física, psicológica, sexual e de negligência ocorridos no ambiente familiar.

A maioria dos casos atendidos envolve crianças e adolescentes em situação de abuso sexual doméstico. Sendo assim, esta intervenção tem como referencial os Planos Nacional e Estadual (RJ) de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, bem como o SUAS (Sistema Único de Assistência Social).

Para garantir a proteção das crianças e dos adolescentes, assim como atendimento às famílias envolvidas em situação de vulnerabilidade social e ou violência doméstica, contamos com uma equipe de profissionais com especialização na temática da violência.

Garantimos atendimento interdisciplinar realizado por psicólogos, assistentes sociais e advogadas nos Núcleos e buscamos permanente contato com a rede de proteção na esfera judicial, assistência médica, psicossocial e desportiva.

O NACA conta com parcerias importantes que integram a rede de proteção e direitos da criança e do adolescentes em consonância com o Estatuto da Criança e do Adolescente – lei N° 8069

Além disso, o NACA participa de palestras, de seminários, e os profissionais passam por capacitações constantes, e ainda promovemos cursos de capacitação para divulgar e debater a legislação Federal, Estadual e Municipal de Proteção e garantia dos direitos da Criança e do adolescente.

Nossa Unidades:

Naca São Gonçalo:
Rua Jaime Figueiredo, 2685
Camarão - São Gonçalo - RJ
Tel.: (21) 2606-7263
Email: nacasg@ig.com.br

Naca Niterói:
Rua Benjamin Constant, 594
Barreto - Niterói - RJ
Tel.: (21) 3714-4859
Email: naca-niterói@ig.com.br

Naca Araruama:
Rua São Fidélis, 141 Lote 05
Alto da Boa Vista - Araruama - RJ
Tel.: (22) 2665-1717
Email: nacaararuama@ig.com.br

Horário de Atendimento: De 2ª a 6ª feira Das 9:00 às 17:00h.

Agenda da Semana

Segunda-feira:
16/05/2011 –
O NACA Araruama realiza prova de seleção para pedagogos, psicólogos, assistentes sociais e auxiliar administrativo;

Terça-feira: 17/05/2011 – Marisa Chaves debate sobre interdisciplinaridade em Seminário promovido pela Fundação de Infância e Adolescência (FIA), que acontece às 20h, no auditório do BNDES.

Quarta-feira: 18/05/2011 – O Movimento de Mulheres em São Gonçalo (MMSG), através do Núcleo Especial de Atendimento à Criança e ao Adolescente (NEACA) e do Núcleo de Atenção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Maus Tratos em São Gonçalo (NACA), promove, diversas ações alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes. Simultaneamente, das 9h às 17h, as equipes dos projetos estarão nas praças Estephânia de Carvalho, no Zé Garoto, e Dr. Luiz Palmier, no Rodro, distribuindo informativos dos serviços de proteção à criança e ao adolescente que são oferecidas pelo município. Em Niterói, a equipe do NACA estará em frente ao Terminal das Barcas.

Quarta-feira: 18/05/2011 – Marisa Chaves participa, às 20h, de uma audiência pública, cujo tema é “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, na Câmara Municipal de Niterói.

Quinta-feira: 19/05/2011 – Marisa Chaves participa, a partir das 14h, de audiência pública na Câmara Municipal de São Gonçalo, com o tema: “Violência sexual contra crianças, adolescentes e mulheres”. A audiência será presidida pelo Vereador Marlos Costa.

Sexta-feira: 20/05/2011 – Marisa Chaves ministra, a partir das 11h, treinamento sobre intervenção técnica no atendimento de vítimas de violência doméstica no Centro de Estudos do Hospital Marcílio Dias. O curso será destinado a médicos, enfermeiros e assistentes sociais. 

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Chapa "Consolidando Conquistas"

A chapa "Consolidando Conquistas" participa do processo eleitoral da nova diretoria do MMSG para 2011-2013. A eleição será no dia 7 de junho, na sede da entidade, das 9 às 17h. A posse será no dia 14.


A composição da chapa é a seguinte:

Diretora Executiva: Esther Silva de Almeida Alcantara
Vice: Eliete Soares Cunha

Diretora Administrativa: Marlene da Silva Costa
Vice: Rita de Cássia Vasconcelos da Costa

Diretora Financeira: Oscarina Souza Siqueira
Vice: Selma da Rocha Cardozo

Diretora Sociocultural: Elineia Campinho
Vice: Irene Fernandes da Silva

Diretora de Mobilização e Divulgação: Sônia Regina dos Santos Ribas
Vice: Marlene Marques Carvalho

Conselho Fiscal: 
Estelina Maximo Bispo
Elisabeth Gomes da Luz
Maria Helena Nascimento Miranda


terça-feira, 10 de maio de 2011

Processo eleitoral do MMSG

O Movimento de Mulheres em São Gonçalo está em processo eleitoral para o período de 2011-2013. O calendário é o seguinte:


12/04/2011 – Eleição da Comissão Eleitoral
04 a 10/05/2011 – Inscrição de chapas
10/05/2011 – Homologação das chapas
07/06/2011 – Eleição – Sede da entidade - 09:00h às 17:00h
08/06/2011 – Divulgação do resultado da eleição
08 a 10/06/2011 – Prazo para interposição, análise e resultado dos recursos
14/06/2011 – Posse da nova Diretoria.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

MMSG realiza "Café da manhã com responsáveis"


Na manhã desta segunda-feira a equipe de Educação Social do Movimento de Mulheres em São Gonçalo realizou um café da manhã em homenagem ao Dia das Mães. Durante o evento, após saborearem um delicioso desjejum, os pais foram convidados a assistir um documentário baseado nos últimos fatos relacionados à violência contra crianças, como os episódios em que mães “deixam” seus bebês em lixeiras e fogem. Depois da exibição, eles participaram de um debate sobre o tema.

De acordo com o psicólogo Ricardo Dell´Orto Casagrande, foi um tempo bastante proveitoso. “Trata-se de uma iniciativa válida e muito importante, pois possibilita essa interação entre os pais e os profissionais e a troca de ideias. O debate, as dúvidas e as sugestões sempre agregam valor ao nosso trabalho”, afirmou.

Os pais também puderam assistir a um vídeo produzido pela equipe do NEACA, onde foi mostrado um pouco do trabalho desenvolvido pelos profissionais e as atividades das quais os seus filhos participam, entre elas: passeios, festas, eventos, entre outras.

Como o café da manhã foi realizado em homenagem ao Dia das Mães, o tema maternidade não poderia estar fora da pauta. Assim, a questão foi discutida. E, segundo a pedagoga Cristhiane de Albuquerque, todos foram chamados à responsabilidade.

“Na reunião tínhamos alguns pais, avós e não apenas mães. Assim, a discussão não foi a maternidade como uma responsabilidade da mãe, mas como uma responsabilidade de todos os membros da família. Eles falaram sobre seus pontos de vista, apresentaram suas dúvidas e foi um debate muito proveitoso”.

Enquanto os responsáveis participavam das palestras, os educadores desenvolviam atividades com as crianças em outro espaço. E, a artesã Isabel ministrava uma oficina de artesanato.

Para a fundadora do MMSG, Marisa Chaves, iniciativas como essas devem ser realizadas sempre. "Alguns pais sugeriram que debates como o que aconteceu hoje fossem realizados mensalmente. Gostamos da ideia e vamos ver como podemos implementar isso, formatando uma agenda. De qualquer maneira a interação desses responsáveis é sempre muito boa para todos", declarou.  
No final do evento, os novos profissionais aprovados no último processo seletivo do MMSG e contratados pela entidade, foram apresentados aos pais e responsáveis, que também receberam uma lembrança feita pelos seus filhos.

domingo, 8 de maio de 2011

Marisa Chaves felicita as mamães pelo seu dia!



Às amigas e companheiras de luta do Movimento de Mulheres em SG que são mães    

Ser mulher e ao mesmo tempo mãe é uma escolha, que deve ser motivo de prazer e muita felicidade. Por isso, dirijo-me às mães e colaboradoras do Movimento de Mulheres em São Gonçalo, para informar que lutamos em defesa dos direitos das mulheres e, especialmente, daquelas que sozinhas educam e participam da vida dos filhos.

Ser mãe é sentir junto e compartilhar desafios com os filhos, sobretudo em uma época onde somos chamadas à dar respostas a tantas demandas ao mesmo tempo.

Ser mãe é uma escolha que deve ser  acertada. Para tanto, queremos que todas as mulheres tenham o direito de conhecer o próprio corpo e o melhor momento para permitir a reprodução humana, pois colocar um filho ou filha nesse mundo é uma responsabilidade e a certeza que novas missões assumiremos.

Que todas curtam o dia das mães com seus filhotes.

Beijos no coração de todas,

Marisa Chaves

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Dia das Mães no MMSG

A equipe de Educação Social do Movimento de Mulheres em São Gonçalo está organizando um café da manhã em homenagem ao Dia das Mães, que será realizado no dia 9 de maio, a partir das 10 horas.

Esta atividade acontererá durante uma reunião com cerca de 60 responsáveis das crianças do NACA e do NEACA convidados para o evento.

As crianças estão preparando lembrancinhas, sob a supervisão da artesã Isabel.

ATIVIDADES DO DIA 9 DE MAIO:

10 às 12h – Reflexão sobre o tema “Ser mãe”, com exibição de um vídeo.

No mesmo horário, na área de recreação, haverá uma exposição de trabalhos da artesã Isabel, que vai ministrar uma oficina de artesanato; sessão de cinema com pipoca; montagem de livros com as crianças e
sorteio de brindes.

Fórum de Combate à Violência contra a Mulher - RJ

Entidades, organizações politicas e militantes feministas do estado do Rio convidam para o lançamento do Fórum Estadual de Combate à Violência contra a Mulher, a se realizar na quinta-feira dia 12 de maio às 18h30 no SINDSPREV (Rua Joaquim Silva, 98A - Lapa).

Diante de um quadro de violência contra a mulher que parece agravar-se dia apos dia, e das dificuldades colocadas para a efetiva aplicação da Lei Maria da Penha, a iniciativa visa articular o movimento feminista do estado de maneira permanente em torno de um espaço  que permita não somente discutir a situação da violência sexista no Rio de Janeiro, mas principalmente reagir de forma ágil e unificada aos inúmeros casos que têm vindo à tona e lutar pelo fim dessa violência em diferentes frentes e nas suas diversas formas.

Contato para mais informações: CAMTRA (Casa da Mulher Trabalhadora) - (21) 2544-0808 / camtra@camtra.org.br   

terça-feira, 3 de maio de 2011

Prefeitura treina profissionais sobre ficha única de notificação de violência

A Comissão Municipal de Enfrentamento à Violência promove nesta sexta-feira (6), a partir das 9h, um seminário aberto para treinamento de todos os profissionais das áreas da saúde, da educação, da assistência social e de políticas para as mulheres, visando esclarecer sobre a utilização da "Ficha única de notificação compulsória de maus-tratos e outras violências".

O treinamento será ministrado pela assistente social e coordenadora do Neaca, Marisa Chaves e a psicóloga Maria Prisce, da Secretaria Municipal de Saúde.


A comissão é formada por representantes do MMSG/Neaca, Naca, PAIR, CREAS, Secretarias Municipais de Educação, de Desenvolvimento Social, de Integração e Políticas para a Mulher, CREAS, CMDCA,  CEOM. Participação de: Secretarias de Saúde, Educação, Políticas para a Mulher, Desenvolvimento Social e FIASG. O evento acontece no auditório do Centro Cultural Joaquim Lavoura, à avenida Presidente Kennedy, ao lado do SESC-São Gonçalo.

Abaixo, o modelo da ficha única:


CARE Brasil realiza seminário para discutir prevenção de desastres em São Gonçalo

Palestras discutirão temas como impacto de mudanças climáticas e diminuição de riscos e haverá ainda depoimentos de vítimas.
 
Com o objetivo de debater e compartilhar informações sobre prevenção de desastres, mudanças climáticas, gestão urbana e redução de riscos, a ONG CARE Brasil realizará, entre 5 e 7 de maio, o Seminário Impactos das Mudanças Climáticas, em São Gonçalo (RJ). O evento terá palestras de 10 especialistas e acontecerá no auditório da OAB da Cidade (Travessa Euzelina, 100, Bairro Zé Garoto).
 
Em 2011, o município de São Gonçalo teve 45 mil pessoas diretamente afetadas pelas chuvas. A cidade possui a 2ª menor arrecadação per capita do Brasil (em municípios com mais de 80 mil habitantes) e um dos maiores índices de violência do país, motivos que justificam a atuação da CARE Brasil na região.
Serão abordados temas como prevenção, adaptação e segurança, depoimentos da comunidade atingida pelo desastre, atuação de empresas, aprendizados, defesa civil, papel da mulher e diminuição de riscos e vulnerabilidades, cobertura da mídia após o desastre, entre outros.
 
As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo e-mail agenda21sg@r7.com. O evento está sendo realizado em parceria com a Defesa Civil local, Movimento de Mulheres em São Gonçalo, Fórum Permanente da Agenda 21 local, Artcreche, Jornal o São Gonçalo e OAB.
 
.[Seminário Impactos das Mudanças Climáticas em São Gonçalo | Dia 5 (Quinta) – Abertura às 18 horas | Dia 6 (Sexta) – 9h às 17h30 | Dia 7 (Sábado) – 8h30 às 11h30, na OAB (Travessa Euzelina, 100, Bairro Zé Garoto, São Gonçalo (RJ).Inscrições: agenda21sg@r7.com].
 
Perfil-A CARE Brasil é uma ONG brasileira, com título de OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), que iniciou suas operações em 2001 com a missão de combater a pobreza enfrentando suas causas estruturais em regiões rurais e urbanas de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Trabalha na promoção do desenvolvimento local e sustentável das comunidades e territórios onde atua por meio de ações de inclusão social, fortalecimento da economia local, preservação do meio ambiente, inovação na gestão pública e mobilização social.
 
A CARE Brasil faz parte da rede da CARE Internacional, que tem sede em Genebra (Suíça) e está entre as cinco maiores ONGs do mundo. Com atuação em 70 países, a CARE beneficiou mais de 59 milhões de pessoas apenas em 2010, através da implementação de 800 projetos em quatro continentes: África, América Latina, Ásia e Leste Europeu.

No Brasil, a CARE está presente em oito Estados, atuando em cinco áreas rurais do Norte, Nordeste e Centro Oeste (Acre, Bahia, Goiás, Maranhão, Piauí e Tocantins); e na periferia das duas maiores metrópoles do país: Rio de Janeiro e São Paulo. Além disso, presta ajuda humanitária em desastres e implementa projetos de reconstrução, adaptação e prevenção às mudanças climáticas em quatro municípios do Rio de Janeiro: São Gonçalo (região da baixada fluminense), Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis (região serrana). [www.care.org.br].


Fonte: Site Fator Brasil - 03/05/2011

sexta-feira, 29 de abril de 2011

II Curso de Capacitação e sensibilização

 II Curso de Capacitação e sensibilização
Tema: Saber é poder: Construindo novas referências de inclusão para pessoas que convivem com HIV/AIDS

Inscrição e informação: Elanir ou Karla – 2606-5003

Contribuição: 1 kg de alimento não perecível que serão doado para a Rede de Apoio às pessoas que convivem com HIV/AIDS.

Pré-requisito para certificação: 75 % de frequência.

Carga Horária: 20 horas 

Local do curso: Rua Presidente Kennedy, nº 765, Estrela do Norte, ao lado do SESC-SG.
Todas as quintas-feiras,     Horário: 9 ás 13 horas.
Calendário do Curso

  DIA
                     PROGRAMAÇÃO
            Palestrantes
05/05
Promovendo a Cidadania das Pessoas HIV Positivas e a atuação do Movimento de Mulheres em São Gonçalo.
Marisa Chaves
19/05
Projeto Político Pedagógico: Prevenção do HIV na Rede Pública de Ensino.
Jorge Helênio
26/05
Legislação em Direitos Humanos: Ampliando a Rede de Proteção para Pessoas que vivem com HIV/AIDS
A confirmar
02/06
Aspectos Biológicos, Psicológicos e Sociais nas Gestantes HIV Positivas.
A confirmar
09/06
Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos das pessoas que vivem com HIV/AIDS
Andréia Chagas

 


 Ficha de Inscrição


II Curso de Capacitação e sensibilização
Tema: Saber é poder: Construindo novas referências de inclusão para pessoas que convivem com HIV/AIDS.
                                               

Nome: _______________________________
Endereço: ________________________________
Bairro: _________________
Município: ______________ 
CEP: ______________________
E-mail:____________________
Tel. Fixo: _______________________
Tel. Móvel: _____________________
Formação Profissional: _____________________________
Instituição em que atua: ___________________________
Telefone da Instituição: _________________
Função: _________________________
Data de inscrição: _____/____/______

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Instituições oferecem gratuitamente atividades esportivas e de lazer

O Movimento de Mulheres em São Gonçalo, com o apoio da Secretaria Nacional de Desenvolvimento do Esporte e do Lazer (SNDEL), do Ministério do Esporte abre inscrições para atividades do Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC) nos municípios de São Gonçalo, Niterói e Saquarema.
O objetivo do programa é ampliar, democratizar e universalizar o acesso à prática e ao conhecimento do esporte recreativo e de lazer, integrando suas ações às demais políticas públicas, favorecendo o desenvolvimento humano e a inclusão social.

São oferecidas gratuitamente atividades esportivas e de lazer para 2 mil crianças, adolescentes, jovens e idosos (400 por núcleo).


Inscrições de 02/05/2011 a 31/05/2011
Documentos necessários para inscrição: Cópias do RG ou certidão de nascimento, boletim ou declaração da escola, autorização dos pais/responsáveis e atestado médico para atividades esportivas.
NÚCLEOS:

  • Movimento de Mulheres em São Gonçalo
Inscrições:
Sede: Rua Rodrigues da Fonseca, 201 – Zé Garoto – São Gonçalo (Rua do Cemitério Central)
Filial: Rua Jaime Figueiredo, 2.685 – Camarão – São Gonçalo (Rua da caminhada)
Horário: 9h às 17h, segunda a sexta-feira
Tels.: (21) 2606-7263 / 2606-5003
ATIVIDADES:
ü  Atividades esportivas e de lazer diversas
ü  Aikidô
ü  Desenho/pintura/artesanato
ü  Caminhada/ginástica
ü  Capoeira
ü  Dança


  • Movimento Pró-Criança de Alcântara
Inscrições:
Rua Nestor Pinto Alves, 521 – Alcântara – São Gonçalo/RJ
Horário: 8h às 16h
Tel.: 2701-1229 
E-mail: marilenesf@uol.com.br
ATIVIDADES:
ü  Atividades esportivas e de lazer diversas
ü  Contação de histórias e jogos populares
ü  Desenho/pintura/artesanato
ü  Caminhada/ginástica
ü  Capoeira
ü  Dança

                      
  • Associação de Moradores de Santa Bárbara – Niterói
Inscrições:
Rua José Maria Cavalcante, 866 – Santa Bárbara
Horário: 9 às 12h, segunda a sexta, na Associação, e sábado e domingo na praça de Santa Bárbara
ATIVIDADES:
ü  Jiu Jitsu
ü  Atividades esportivas e de lazer diversas
ü  Capoeira
ü  Moda

  • Centro Pró-Melhoramento da Vila Ipiranga – Niterói
Inscrições:
Travessa Santa Rita, 3B – Fonseca - Niterói/RJ
Horário: 3ª e 4ª feira, 9h às 12h
              5ª feira, 14h às 18h
Tel.: 9475-3593       E-mail: geraldinhodavila@hotmail.com
ATIVIDADES:
ü  Judô Lúdico, basquete, vôlei, handebol
ü  Aikidô
ü  3ª idade: recreação, dama, xadrez, totó, tênis de mesa
ü  Caminhada/ginástica
ü  Capoeira
ü  Dança

  • Associação de Amigos de Barra Nova – Saquarema
Inscrições:
Rua Laudelino Coelho, 361 – Barra Nova – Saquarema/RJ
Horário: 14h às 19h
Tel.: 2651-7462  / E-mail: valeria.magalhães@gmail.com
ATIVIDADES:
ü  Atividades esportivas e de lazer diversas
ü  Karatê
ü  Desenho/pintura/artesanato
ü  Caminhada/ginástica
ü  Capoeira
ü  Ballet




Palestra: Enfrentamento à Violência contra a Mulher e a Lei Maria da Penha

O Movimento de Mulheres em São Gonçalo realiza, no próximo dia 24/05, a partir das 9h30, a palestra "Enfrentamento à Violência contra a Mulher e a Lei Maria da Penha". O evento acontece durante a reunião das associadas e as inscrições estão abertas.
Estão convidados a participar do evento profissionais e, também, pessoas interessadas no assunto. As inscrições podem ser feitas através do telefone 2606-5003 ou na sede do MMSG, na Rua Rodrigues da Fonseca, 201 – Zé Garoto – São Gonçalo.

Palestra: Sistema de Garantia de Direitos e Convivência Familiar e Comunitária

Na próxima terça-feira, 03/05, a equipe do NEACA/SG realiza uma palestra sobre "Sistema de Garantia de Direitos e Convivência Familiar e Comunitária", no bairro Santa Luzia. O evento acontece na instituição REAME/SG, e segue a orientação do Projeto PAIR, que visa o fortalecimento e a integração da Rede de Proteção Básica e Especial do município de São Gonçalo.
A palestra, que acontece de 9h às 13h, será realizada para os profissionais da instituição, mas não será fechada.  Serão bem-vindos todos os que quiserem participar - pessoas da comunidade, grupos de mães usuárias e os interessados pelo tema.   
O REAME/SG fica na Avenida Santa Luzia, 1032, Santa Luzia, São Gonçalo.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Ciclo de Palestras sobre Legislação Previdenciária

O Movimento de Mulheres em SG efetivou uma parceria com a Superintendência Regional do INSS para realização de um curso de capacitação sobre direitos previdenciários. O curso acontecerá às quartas-feiras do mês de junho de 2011, das 9 às 13 horas, nas dependências do COMPERJ. Serão oferecidas 60 vagas, preferencialmente para profissionais envolvida(o)s com o atendimento direto à população.


Solicitamos a doação de dois quilos de alimentos não perecíveis no momento da inscrição, que poderá ser feita na sede da entidade na rua Rodrigues da Fonseca, 201, Zé Garoto.

1º Seminário Ampliando as ações de prevenção e tratamento da tuberculose

O Movimento de Mulheres em São Gonçalo, em parceria com o Fundo Global, promove no próximo dia 12 de maio o 1º Seminário "Ampliando as ações de prevenção e tratamento da tuberculose".

Profissionais da saúde vão esclarecer e divulgar dados estatísticos sobre a doença em São Gonçalo, a fim de debater com a comunidade e a sociedade civil as políticas voltadas para o tratamento da tuberculose no município. Foram convidados para o evento: Daniel Jr., secretário municipal de Saúde; Cláudia Sarcinelli, superintendente de Saúde Coletiva de SG; Regina Ferro Lago, assessora técnica do Fundo Global; Maria Angélica Siqueira Campos, coordenadora do Programa de Controle de Tuberculose de SG.

O seminário é gratuito e será realizado no horário das 9 às 13h, na sala 109 do Comperj, avenida Presidente Kennedy,765, Estrela do Norte. As inscrições para as 60 vagas disponíveis podem ser feitas pelo telefone 2606-5003.